Intel revela seu estúdio de realidade virtual

Intel revela seu estúdio de realidade virtual

resumo

A Intel está mergulhando na criação de conteúdo de realidade virtual. Ele, portanto, usa uma técnica de vídeo: captura volumétrica, que consiste em objetos de digitalização 3D usando uma matriz composta por várias câmeras. Este método possibilita a captura de objetos, assim como em ambientes reais. O resultado é uma representação tridimensional que pode ser integrada ao conteúdo de realidade virtual.



O estúdio abrange 2300 metros quadrados com um sistema de computador capaz de competir com os da NASA. Isso na verdade o maior centro de captura de vídeo de realidade virtual do mundo. A Intel, portanto, afirma possuir a inovação do futuro na indústria de produção de filmes.

Este protótipo gigantesco atraiu assim o estúdio de cinema Paramount Pictures, que deseja desenvolver conteúdo de RV para o público em geral. O potencial dessa tecnologia pode atrair outras produtoras de Hollywood.

Experimente as Olimpíadas de Inverno sem estar lá

O mesmo processo permitirá cobrir 30 eventos dos Jogos Olímpicos de Inverno inteiramente em realidade virtual. Eles serão transmitido ao vivo usando 3 a 6 câmeras, oferecendo assim tantas perspectivas. Mas ele não quer parar por aí, com um sistema de gravação de som ultramersivo para mergulhar o espectador na ação.

Intel revela seu estúdio de realidade virtual

Para a transmissão, a Intel ligou para o canal de televisão americano NBC. Ela tinha feito alguns videos VR nas Olimpíadas do Rio, visível em um Gear VR.

Tantos parceiros que permitem ao fabricante do processador desenvolver seus negócios de realidade virtual.



Além da transmissão ao vivo dos eventos, a Intel permitirá um tour de RV do local olímpico e as diferentes instalações. Por que não voar acima da vila dos atletas enquanto fica em casa?

A Intel está abandonando os headsets VR para seu estúdio

A gigante americana está, portanto, se afastando de seu projeto "Alloy", que prometia um fone de ouvido de realidade fundida autônomo (realidade fundida). Enquanto o HTC Vive Pro wireless acaba de ser revelado, a gigante americana quer se afastar do mercado de "hardware" para se concentrar na parte de software. Intel tem para prioridade para desenvolver conteúdo VR, em vez de correr para o mercado saturado de fones de ouvido de realidade virtual.




Adicione um comentário do Intel revela seu estúdio de realidade virtual
Comentário enviado com sucesso! Vamos analisá-lo nas próximas horas.